terça-feira, 13 de setembro de 2016

Enorme vénia a Osvaldo Garcia

Osvaldo Garcia! Quem? 

Osvaldo Garcia é filho de motociclistas, pai de motociclistas e avô de motociclistas. Osvaldo Garcia é ainda “o Pai” do Trial em Portugal (resta saber quem é a mãe). Osvaldo Garcia é ainda um orgulhoso fundador do Moto Clube do Porto, um dos Clubes que nos merece o maior respeito em Portugal. Osvaldo Garcia é também um dos pilotos mais completos em Portugal, tendo competido em quase todas as modalidades. O seu filho André é o campeão que se conhece - ou devia conhecer. Um dia, em 2010, Osvaldo Garcia, então com 52 anos, pegou numa AJP 200 para ir bater palmas à selecção de futebol que jogava na Africa do Sul. Nessa viagem fez mais de dezoito mil quilómetros, foi roubado e extorquido. Roubado em Lisboa, extorquido um pouco por toda a parte. 

Como felizmente ainda não chegou o tempo de ter juízo, aqui há uns dias, Osvaldo Garcia pegou numa mota e fez-se à estrada para ir ver o Classic TT a Man. Mas como “A Ilha” era já ali ao lado, decidiu no regresso dar um saltinho a Andorra, por exemplo. 

Conta-nos o Osvaldo: “Curiosidades: Abasteci 39 vezes num total de 271,76 litros e andei 6.613,97 quilómetros com uma média de 4,1 litros aos 100 quilómetros. Fui sempre em máximos porque não tinha os médios. Condução segura sem uma única travagem que não estava a contar. Dormida num parque de campismo à borla pois quando lá cheguei não estava ninguém na recepção e à saída igual. Uma dormida no meio do nada (nem hotéis nem parques de campismo no raio de 2 horas). Muito poucos almoços, não havia tempo a perder. Muitos McDonald's pois serve a qualquer hora e serviu muitas vezes de almoço e lanche ajantarado. Um cabo de embraiagem partido. Um pistão gripado. Cinco vezes que estiquei a corrente. Sete litros de óleo sintético dois tempos. Nunca parei para reapertar a bagagem. O que mais gostei? Das curvas da N15 de Portugal. Podia ter ido noutra moto? Poder podia, mas não era a mesma coisa, aliás podia ter ido de avião. (…)”. 

Ah…, e qual era a mota do bom do Osvaldo? Uma Honda NSR 50! Leram bem, Honda NSR 50. Osvaldo Garcia. Quem? Pois…, num país com um pingo de Cultura Motociclista, alguém como o Osvaldo era ouvido, lido e respeitado. Em Portugal…, é apenas ele, o Osvaldo Garcia. 

Daqui, o Escape envia-te uma enorme vénia, Osvaldo. E votos de aventuras sem fim. Obrigado!

10 comentários:

  1. Respect..... Abraço a todos. www.portugalhosting.com

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me fazer dos primeiros lés a lés e ele com uma mini moto,acho que naõ me enganei!?!Zé Viana do ex M.C. Rota livre de Lourosa.

    ResponderEliminar
  3. Embora já tivesse ouvido falar, desconhecia por completo os seus feitos e aventuras. Sem dúvida um herói deste nosso mundo.

    ResponderEliminar
  4. Simplesmente Fantástico!!!

    ResponderEliminar
  5. O Osvaldo é uma lenda viva... E um querido amigo...

    ResponderEliminar
  6. Fantástico! Grande coragem e sentido de aventura com o "Bichinho " de gostar de andar de mota.Parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Corajoso!!!
    Tambem tive uma dessas mas sem essas aventuras.
    ;)

    ResponderEliminar
  8. Isso se chama aventura!
    Parabéns e continuação de muitas mais aventuras, com muita saúde...
    Fantástico mesmo!

    ResponderEliminar

Site Meter